Casal Figueira Vermelho Tinto 2019

17,90 €

Um vinho muito original produzido com a casta Tinta Miúda, tem cor intensa, aromas a flores brancas, bosque e alguma fruta preta. Na boca é floral, tem acidez bem presente e taninos suaves. 

More details

Em Stock

Adicionar à Lista de desejos

Pré-visualizar os custos de transporte
Produtor Produtor: Casal Figueira
Enóloga: Marta Soares
Região Lisboa Regional
Castas Tinta Miúda (100%)
Solo Pequenas vinhas velhas localizadas a norte da Serra de Montejunto, a cerca de 50 km de Lisboa e próximas da Costa Atlântica. O solo é principalmente calcário. Devido à altitude das vinhas, à orientação norte e à proximidade com o Oceano Atlântico, as vinhas beneficiam da brisa marítima, o que preserva a acidez das uvas e garante a base para um bom vinho.
Vinificação A vinificação foi em cubas de inox utilizando apenas leveduras indígenas para iniciar a fermentação.
Estágio Estágio em inox.
Volume Teor Alcoólico: 12% Volume
Capacidade: 75 cl
Temperatura 15ºC - 17ºC
Harmonizações Carnes vermelhas grelhadas, pato e charcutaria.

Os vinhos Casal Figueira são produzidos a partir de vinhas antigas de Vital, casta autóctone do lado norte da Serra de Montejunto, onde solo, clima e casta estão em perfeita sintonia há séculos. Praticamente desconhecida, esta casta foi votada ao abandono causando quase a sua extinção. Apesar da sua implantação aleatória no calcário e devido à sua proximidade com a costa atlântica, forneça um caráter excecionalmente fresco e mineral. Aparece maioritariamente nas vinhas velhas em Gobelet, com idades entre 50 e 100 anos, e todo o trabalho é feito manualmente por idosos das aldeias locais, que também fazem o seu próprio vinho em casa, que conhecem esta tradição cultural desde a infância.

António Carvalho (1967-2009) foi o primeiro enólogo a produzir e engarrafar vinhos da casta Vital e comercializá-lo na Casal Figueira - Vinhas Velhas 2008. Aprendendo com sua experiência desde 1991 com castas francesas e portuguesas e com a prática da biodinâmica, desde 2007 que começou a trabalhar exclusivamente com castas autóctones portuguesas como a Touriga Nacional para os tintos (Douro) e a Vital (Lisboa) para os brancos, António foi pioneiro na sua procura de vinhos autênticos e originais, que poderiam expressar a identidade perdida da região de Lisboa.

Durante a vindima de 2009, António faleceu inesperadamente devido a insuficiência cardíaca, deixando à sua esposa Marta Soares e seus filhos os vinhos em fermentação nos barris.

Partilhando com ele a vinificação há mais de dez anos e com a ajuda de bons amigos, ela conseguiu dar continuidade aos vinhos do Casal Figueira, em honra à sua memória e uma paixão que juntou as pessoas desde o seu início.

Seco Doce
Sem madeira Estágio barrica
Leve Encorpado
Beber já Para a cave

Sugerimos outros produtos em que possa estar interessado!

Utilizamos cookies. Ao continuar a navegar, assumimos que concorda com o seu uso. OK

Subscreva a nossa Newsletter



Subscreva a nossa Newsletter



A Wineclick irá utilizar a informação que fornecer neste formulário para entrar em contato consigo no âmbito das suas atividades comerciais e tendo em vista a finalidade de marketing. Por favor, confirme se podemos entrar em contato consigo por email selecionando o campo em baixo:

x Já se vai embora?

Ganhe 10% desconto na sua primeira compra ao registar-se na nossa Newsletter!

Fazer já o registo!
x Não perca esta oferta!

Ganhe 10% desconto na sua primeira compra ao registar-se na nossa Newsletter!

Fazer já o registo!