Vinho Madeira

O Madeira é um vinho ligeiramente cameralizado devido ao processo de envelhecimento a que é sujeito através do calor e da oxidação, Os vinhos são designados pela casta da sua composição e de acordo com o seu nível de doçura. O Madeira varia em doçura desde a categoria Seco até à Doce. Em ordem crescente de doçura, os Madeira são produzidos com as castas brancas: Sercial, Terrantez, Verdelho, Boal e Malvasia. A variedade tinta, Tinta Negra, é utilizada para todos os tipos de doçura através do mesmo processo de aquecimento e oxidação.

Vinificação
O método tradicional de vinificação do vinho da Madeira é o de bica aberta, onde normalmente há a prensagem direta das uvas. No entanto, algumas empresas vinificam o Madeira através do método de curtimenta, quando prevêem que o vinho irá ficar muitos anos a envelhecer em madeira.

A maior parte dos vinhos são envelhecidos através do processo de estufagem. Este tenta reproduzir o efeito de sobreaquecimento que o vinho sofria nas viagens de barco realizadas durante a época das trocas comerciais marítimas. Hoje em dia, o vinho é colocado em estufas com boa exposição solar onde é submetido a temperaturas próximas dos 50º durante alguns meses. Outra técnica para realizar a estufagem é submeter o vinho a calor produzido através da circulação de água quente.

Em alternativa à estufagem há o canteiro, um processo de envelhecimento onde o vinho é aguardentado logo após a fermentação e posteriormente depositado em cascos de madeira para envelhecer. O vinho só poderá ser engarrafado após o terceiro ano de envelhecimento. Normalmente os vinhos envelhecidos através de canteiro permanecem em madeira durante muitos anos até serem engarrafados e comercializados.

Fonte: Infovini e Wines of Portugal

Vinho Madeira
Vinho Madeira

Imagem: Instituto do Vinho e do Bordado da Madeira

Existem essencialmente quatro grandes Vinhos da Madeira monovarietais.

Dos vinhos secos destaca-se a casta Sercial. De cor clara, encorpado e perfumado é perfeito como aperitivo. Acompanha bem azeitonas, amêndoas torradas, canapés de caviar ou salmão fumado e acepipes com maionese. É igualmente subtil com peixes fumados, mariscos, ou sushi, e delicado com queijos frescos de cabra ou de ovelha.

O Verdelho encabeça os vinhos meio secos. Estruturado e de cor dourada é também excelente como aperitivo. Combina na perfeição com azeitonas, amêndoas torradas e frutos secos e agradável com consommé e cremes com natas. É exuberante com presunto serrano ou caça fumada.

O Meio-doce, Boal, nobre, aveludado e de cor dourada escura é harmonioso com frutos tropicais frescos. O Boal jovem é perfeito para acompanhar queijos de pasta mole e o Boal com mais idade combina muito bem com queijo curado. Delicado com souflês de queijo, apresenta-se exótico com chocolate de leite, pralinés, petit-fours, bolos de creme e bolo de mel. O Boal velho associa-se na perfeição com tabaco de cachimbo e com charutos.

Vinho Madeira Malvasia ou Doce, de cor escura, encorpado e aromático pode ser apreciado com frutos tropicais, e frutos secos como as nozes e as avelãs. É gracioso com bolos de frutos secos e tartes de fruta e bolo de mel, biscoitos de manteiga, chocolate escuro ou de leite, pralinés e petit-fours e a sua elegância combina muito bem com queijos portugueses como o da Serra, o de Serpa, o de Azeitão, o do Rabaçal e o da Ilha, e com queijos azuis como o Danish blue, o Roquefort, o Stilton ou o Gorgonzola.

Fonte: Wines of Portugal e Instituto do Vinho e do Bordado da Madeira

Vinho Madeira

Indicação de idade

Selecionado
Menção reservada para o vinho com idade igual ou superior a 3 anos e inferior a 5 anos cujas características organolépticas estejam em conformidade com os padrões de qualidade típicos da idade em causa.

Rainwater
Menção reservada para o vinho com indicação máxima de 5 anos de idade, cujas características organolépticas estejam em conformidade com os padrões de qualidade típicos da idade em causa, que apresente uma cor entre o dourado e o meio dourado e tenha uma massa volúmica igual ou inferior a 1,0150 g/ml.

5 Anos ou Reserva
Menção reservada para o vinho com idade igual ou superior a 5 anos e inferior a 10 anos, cujas características organolépticas estejam em conformidade com os padrões de qualidade típicos da idade em causa, podendo ter indicado o nome da casta.

10 Anos ou Reserva Especial ou Reserva Velha
Menção reservada para o vinho com idade igual ou superior a 10 anos e inferior a 15 anos, cujas características organolépticas estejam em conformidade com os padrões de qualidade típicos da idade em causa, podendo ter indicado o nome da casta.

15 Anos ou Reserva Extra
Menção reservada para o vinho com idade igual ou superior a 15 anos e inferior a 20 anos, cujas características organolépticas estejam em conformidade com os padrões de qualidade típicos da idade em causa, podendo ter indicado o nome da casta.

20 Anos
Menção reservada para o vinho com idade igual ou superior a 20 anos e inferior a 30 anos, cujas características organolépticas estejam em conformidade com os padrões de qualidade típicos da idade em causa, podendo ter indicado o nome da casta.

30 Anos
Menção reservada para o vinho com idade igual ou superior a 30 anos e inferior a 40 anos, cujas características organolépticas estejam em conformidade com os padrões de qualidade típicos da idade em causa, podendo ter indicado o nome da casta.

Mais de 40 Anos
Menção reservada para o vinho com mais de 40 anos, cujas características organolépticas estejam em conformidade com os padrões de qualidade típicos da idade em causa, podendo ter indicado o nome da Casta.

Ano de Colheita

Solera
Menção reservada para o vinho que apresente características organolépticas destacadas e cujo envelhecimento em canteiro tenha um mínimo de 5 anos. Este vinho irá constituir a base de um lote do qual é retirado anualmente para engarrafamento uma quantidade de cada um dos cascos, que não exceda 10%, sendo substituída por igual quantidade de outro vinho de semelhante qualidade, até a um máximo de 10 adições. Após o que todo o vinho existente poderá ser engarrafado de uma só vez, devendo a indicação do ano de colheita ser sempre a do vinho de base.

Colheita
Menção reservada para o vinhos obtidos de, pelo menos, 85% de uvas da mesma vindima e de, pelo menos, 85% de uvas de uma só casta, de entre as castas recomendadas ou autorizadas ou de uma mistura de castas recomendadas e ou autorizadas, cujo envelhecimento tenha um mínimo de 5 anos. Devem indicar o ano de colheita e a data de engarrafamento.

Frasqueira
Menção reservada para vinhos obtidos de, pelo menos, 85% de uvas da mesma vindima e de uma só casta, de entre as castas recomendadas, ou de uma mistura de várias castas recomendadas, quando uma delas represente os referidos 85% de uvas da mesma vindima e com envelhecimento mínimo de 20 anos em cascos de madeira. Devem ter indicado, o ano de colheita e a data de engarrafamento.

Fonte: Wines of Portugal


Utilizamos cookies. Ao continuar a navegar, assumimos que concorda com o seu uso. OK

Subscreva a nossa Newsletter



Subscreva a nossa Newsletter



A Wineclick irá utilizar a informação que fornecer neste formulário para entrar em contato consigo no âmbito das suas atividades comerciais e tendo em vista a finalidade de marketing. Por favor, confirme se podemos entrar em contato consigo por email selecionando o campo em baixo:

x Já se vai embora?

Ganhe 10% desconto na sua primeira compra ao registar-se na nossa Newsletter!

Fazer já o registo!
x Não perca esta oferta!

Ganhe 10% desconto na sua primeira compra ao registar-se na nossa Newsletter!

Fazer já o registo!