Lista de produtos por produtor Capwine - Quinta do Malhô & Quinta Beira Douro

As quintas somam um total de 15ha, estão situadas em Ervedosa do Douro, no coração da melhor área produtora de vinho, conhecida por Cima Corgo, que oferece o equilíbrio ideal entre os solos excessivamente ricos do baixo Corgo, e o calor intenso do Douro Superior.

Quinta do Malhô
A Quinta do Malhô, possui 5ha de vinha situados a 300 metros de altitude sob o vale Dona Maria. Goza de uma ampla exposição solar com orientação a Sul, a idade das vinhas ronda os 40 e 90 anos. São as castas Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca, Sousão, Rufete, Tinta Amarela, Tinta Barroca, Tinto Cão, entre outras, que testemunham a grande qualidade dos vinhos que aqui se produzem e, que se caraterizam por uma concentração excecional de aromas, grande estrutura tânica, e equilíbrio perfeito.


Quinta Beira Douro
A Quinta Beira Douro conta com 10ha de vinhas velhas – cerca de 80 anos, situados na margem esquerda do Rio Douro, com muitas vantagens naturais, além do património vitícola a qualidade dos solos de xisto pedregoso, com excelente benefício drenante, o que permite que a água alcance as raízes profundas das videiras. Uma outra grande vantagem é a exposição a norte e consistência do clima, abençoada com uma combinação favorável de influências temperadas e mediterrânicas. As uvas gozam de maturações mais lentas e harmoniosas proporcionando vinhos com qualidades distintivas - frescos, minerais, elegantes, complexos e de grande potencial de guarda.


Lagares tradicionais e estágio em Ânfora
A Quinta do Malhô é o principal centro de vinificação e estágio dos vinhos produzidos de ambas as quintas, mas é nos lagares de granito da Quinta Beira Douro que se produzem os vinhos de categoria média-alta e alta. As referências que dão origem aos vinhos destas categorias são - Quinta do Malhô Vinhas Velhas - Quinta Beira Douro Vinhas Velhas – e Quinta Beira Douro - Dádiva. Na elaboração destes vinhos está uma base de trabalho assente numa metodologia artesanal, com uvas vindimadas à mão, rigorosa triagem na adega e posterior vinificação em lagares de granito através de pisa a pé. Por fim, as massas são transferidas por gravidade para cubas de cimento. Mais tarde, é na sala de envelhecimento da Quinta do Malhô que os vinhos fazem estágio, quer na utilização de barricas de 500 litros quer na utilização de Ânforas de Barro. O estágio em Ânforas foi um método de envelhecimento inovador no Douro que implementámos em 2012 e, apenas aplicado no Quinta Beira Douro – Dádiva. Desta forma pretende-se atingir um vinho natural, cheio de identidade, feito através de métodos artesanais, num verdadeiro regresso ao passado, e por isso mais saudável também.


https://capwineportugal.pt/pt/home

Saiba mais sobre este produtor
A mostrar 1 - 4 de 4 itens
A mostrar 1 - 4 de 4 itens
Utilizamos cookies. Ao continuar a navegar, assumimos que concorda com o seu uso. OK

Subscreva a nossa Newsletter



Subscreva a nossa Newsletter



A Wineclick irá utilizar a informação que fornecer neste formulário para entrar em contato consigo no âmbito das suas atividades comerciais e tendo em vista a finalidade de marketing. Por favor, confirme se podemos entrar em contato consigo por email selecionando o campo em baixo:

x Já se vai embora?

Ganhe 10% desconto na sua primeira compra ao registar-se na nossa Newsletter!

Fazer já o registo!